Você sabe o que é imunoterapia?

É uma opção de tratamento oncológico que tem avançado e trazido ótimos resultados nos últimos anos.

O nosso corpo é preparado para destruir células que se devolvem de forma anormal (câncer), entretanto, alguns tumores desenvolvem mecanismos para “desligar” a resposta imunológica do nosso organismo, um exemplo de chave “liga e desliga”. O mais conhecido e estudado mecanismo é a ligação do PD-L1 com a proteína PD-1. Ao se ligarem estas duas moléculas, uma no tumor e outra no linfócito (célula de defesa), formam um complexo que desativam o linfócito e este para de cumprir seu papel que seria destruir as células anormais (câncer).

As novas drogas foram criadas com o objetivo de anular esta capacidade do tumor em desligar o sistema imunológico, fazendo com que o próprio corpo passe então a destruir o câncer. Infelizmente não são todos os tipos de tumores que respondem ao tratamento de forma significativa e duradoura. Os principais respondedores são: melanoma, câncer de pulmão, rins e bexiga.

Outras estratégias de tratamento como a associação dos imunoterápicos com a quimioterapia estão sendo estudadas. Estes novos tratamentos imunoterápicos começam a ser aprovados no Brasil para alguns tipos de tumores, porém o seu valor ainda continua alto e inacessível para alguns planos de saúde e SUS.