Diagnóstico

Apesar de todos os avanços da ciência, o câncer ainda assusta e causa medo a cada novo diagnóstico. Não é para menos, a mortalidade ainda é alta em alguns tipos da doença, tendo isso em mente, o melhor caminho é, sem dúvida, o da prevenção. Para ajudar não só na prevenção da doença, mas na busca de uma melhor qualidade de vida, a Oncominas lista os principais fatores de risco, como fazer para se proteger e ter uma vida mais saudável

CÂNCER DE COLORRETAL

O câncer colorretal consiste nos tumores que acometem os cólons (ascendente/direito, transverso e descendente/esquerdo) e o reto. Inicia-se a partir de pólipos no intestino que,se não forem removidos, evoluem para tumores. Apresenta pouca relação hereditária, ficando nestes casos restritos somente a síndromes polipoides familiares e outras síndrome genéticas mais raras como a Sd. Lynch. É o terceiro tipo de câncer mais frequente entre os homens e o segundo entre as mulheres. Estimam-se 36 mil novos casos no Brasil em 2018.

CONHEÇA OS TRÊS TIPOS DE CÂNCERES INFANTIL MAIS COMUNS NO BRASIL

O câncer infantil corresponde a um grupo de várias doenças que têm em comum a proliferação descontrolada de células anormais e que pode ocorrer em qualquer local do organismo. Os tumores mais frequentes na infância e na adolescência são as leucemias (que afeta os glóbulos brancos), os do sistema nervoso central e linfomas (que afeta o sistema linfático). Ninguém espera que uma doença como o câncer possa atingir alguém com tão pouco tempo de vida. É por isso que muitos pais ficam